70s

Anos 70′s: Donna Summer

Donna  Summer

Donna Summer foi um caso raro na cena disco’, pois sua carreira iniciou-se antes da “explosão” daquele estilo, e continuou após aquela fase. Apesar de ela ser uma das mais conhecidas artistas da “Era Disco'”, seu repertório incluiu diversos gêneros, incluindo “rhythm’n blues” e rock, tendo ganho prêmios “Grammy” nestas categorias. Seu trabalho ainda é aplaudido pela crítica e ela permanece como uma das poucas artistas da Era Disco’ ainda aceitas pela crítica atual.

Nascida numa família cristã devota em Boston, Massachusetts, Summer se envolveu com a música cantando nos corais da igreja, envolvendo-se posteriormente com bandas influenciadas pela Motown Sound. Levada pela contracultura dos anos 60, tornou-se a cantora de uma banda chamada Crow e mudou-se para New York.

Após mudar-se para Munique, Alemanha, Summer casou-se com Helmut Sommer (“Summer” é uma anglicização do nome “Sommer”) e trabalhou em vários musicais e teatros. Em 1971, lançou a música “Sally Go ‘Round the Roses”, seu primeiro trabalho solo, sem sucesso. Após conhecer Giorgio Moroder e Pete Bellotte, lançou seu primeiro LP, Lady of the Night em 1975, com algum sucesso na Europa. Sua música Love to Love You Baby foi um grande “hit” no continente. A gravadora Casablanca Records começou a distribuir o álbum nos Estados Unidos, tornando-a uma sensação por lá também. Em seguida surgiu uma versão de 17 minutos de Love to Love You Baby aclamada pela crítica, e que estabeleceu um padrão hoje conhecido por “extended mix”: versões extensas voltadas para pistas de dança.

Continuando a trabalhar com Moroder and Bellotte, surgiu o disco A Love Trilogy em 1976 e, no mesmo ano, o álbum conceitual Seasons of Love. O trabalho seguinte, I Remember Yesterday (de 1977) incluía o sucesso “I Feel Love”, a primeira música de sucesso com acompanhamento inteiramente feito por sintetizador. Esta música, de enorme sucesso, influenciou o desenvolvimento da “disco’ music” e do techno, graças às inovações introduzidas por Moroder.

Donna Summer morreu em 17 maio de 2012, em Manasota Key, em Englewood, na Flórida, vítima de câncer de pulmão. Segundo relatos de jornais do dia 18/05/2012 às 07:00 da manhã, Donna Summer foi diagnosticada com câncer de pulmão havia apenas 2 meses e apenas seu marido e filho sabiam da doença. Diagnosticada, Summer morreu após uma batalha contra a doença. Ela foi posteriormente chamada de “indiscutível rainha do boom Disco dos anos 70” e uma das cantoras femininas mais influentes do mundo. Seu trabalho com Moroder na canção “I Feel Love” foi descrito como “o começo da música eletrônica dance” pelo próprio Moroder.

Principais álbuns
1974 Lady of the Night (Países Baixos/Bélgica/Alemanha)5
1975 Love to Love You Baby (No. 8 EUA, No. 11 R.U.)
1976 A Love Trilogy (No. 18 EUA, No. 26 R.U.)
1976 Four Seasons of Love (No. 22 EUA)
1977 I Remember Yesterday (No. 9 EUA, No. 1 R.U.)
1977 Once Upon a Time (No. 16 EUA, No. 18 R.U.)
1978 Live and More (No. 1 EUA, No. 7 R.U.)
1979 Bad Girls (No. 1 EUA, No. 5 R.U.)
1980 The Wanderer (No. 4 EUA, No. 25 R.U.)
1982 Donna Summer (No. 10 EUA, No. 13 R.U.)
1983 She Works Hard for the Money (No. 3 EUA, No. 10 R.U.)
1984 Cats Without Claws (No. 24 EUA, No. 30 R.U.)
1987 All Systems Go (No. 20 EUA)
1989 Another Place and Time (No. 2 EUA, No. 4 R.U.)
1991 Mistaken Identity (No. 72 EUA, No. 50 R.U.)
1994 Christmas Spirit
1996 I’m a Rainbow (originalmente gravado em 1981)
1999 Live and More… Encore (No. 14 EUA, No. 20 R.U.)
2003 Adonai (Unreleased)
2008 Crayons (No. 17 EUA)

Fonte: Wikipedia

Anúncios

Deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s